Missão, vida eclesial, ações sociais e despesas com o culto são mantidos pela colaboração dos membros da paróquia. Porém, como superar os desafios da escassez de dizimistas? O segredo está na evangelização!

  •  Impacto de qualidade evangelizador x ações eclesiais básicas

    Assim como no mercado de bens e serviços, um atendimento personalizado e de qualidade se destaque contra uma relação fria e desinteressada.

  • Mais evangelização = Aumento da arrecadação do dízimo

    Dízimo não é dinheiro, dízimo é evangelização. Quanto mais se anuncia a pessoa de Jesus Cristo, mais fiéis comprometidos com a Igreja teremos, logo mais dizimistas.

  •  Profissionalização da evangelização

    O crescimento da evangelização se dá pelo profissionalismo dos processos. Não se trata de contratar pessoas para evangelizar, mas capacitar agentes de pastoral para uma evangelização eficiente.